Igreja Cristã Gileade

Igreja Cristã Gileade
Rua Major José Araújo Aguiar, 290. Fortaleza - CE - Brazil CEP. 60850-470

segunda-feira, 25 de junho de 2018

MINISTÉRIO DA MORTE OU MINISTÉRIO DO ESPÍRITO?


TEXTO BASE: ver 2 Coríntios 3.3-9

Olhando para o texto percebemos rapidamente o contraste que o apóstolo Paulo faz entre a Antiga Aliança e a Nova Aliança. Bem como também uma interpretação errada muito antiga é completamente desmontada aqui quando lemos o contexto. Pois em momento algum o apóstolo Paulo queria dizer que a Escritura ou a Bíblia fosse prejudicial para a vida espiritual do cristão. Mas que a Lei divina trazia morte a todos nós, enquanto que o Evangelho trás vida. Esse é o entendimento correto da frase “a letra mata, mas o Espírito vivifica”. Infelizmente as pessoas adoram a heresia em detrimento da ortodoxia.

A Antiga Aliança foi estabelecida por meio de Moisés, por quem Deus falou e instituiu a sua santa Lei. Foi Moisés, na dispensação da Lei quem editou o Pentateuco, portanto o início do Antigo Testamento, e os demais servos e profetas de Yahveh escreveram o restante. Moisés é quem relata a criação e a queda humana, bem como o plano divino de gerar uma nação que, por meio do Evangelho, temos a informação que viria o salvador, o redentor, que é Cristo.

A Nova Aliança foi instituída por Jesus Cristo, por quem Deus se fez presente e habitou entre nós (ver Jo.1.1-3,14,17). Nessa aliança Deus decide colocar sua justiça sobre seu filho Jesus Cristo (ver Rm.3.21-26). Para que a vida prevalecesse sobre a morte (ver Rm.6.23).

Assim, não é a minha justiça que me salva ou que me redime perante Deus, mas a justiça de Cristo. Pois ele foi quem a cumpriu a pena da Lei e obedeceu para que tornemos justos perante Deus (ver Rm.5.18,19). Por isso precisamos decidir quê ministério queremos estar debaixo: da morte ou do Espírito?