Igreja Cristã Gileade

Igreja Cristã Gileade
Rua Major José Araújo Aguiar, 290. Fortaleza - CE - Brazil CEP. 60850-470

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

A BABEL DO SER HUMANO
















Texto apreciado: Gênesis 11.1-9

A vida humana secular tem sido construída em cima de origens antigas. Infelizmente não com base nas origens dos servos de Deus. Mas nos servos de si mesmos. A torre de Babel é uma lição divina para que a humanidade não viva para si, mas para a glória de Deus. Porém, esta lição tem sido esquecida por muitos. Que se preocupam mais em provar que a tal narrativa bíblica não exista do que em aprender suas lições. Assim, venho aqui refrescar a consciência humana com três lições extraídas do texto:

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

ESPIRITUALIDADE

















É uma qualidade do que é espiritual. Místico, devoto, religioso, que diz respeito a vida espiritual. Aquele que é dado a vida contemplativa e espiritual.

O espiritualismo é uma doutrina filosófica que tem por base a existência da alma e de Deus. Uma tendência para a vida espiritual. Oposta ao materialismo, que não acredita na substância imaterial.

A espiritualidade está em todas as camadas da sociedade. Em toda parte presenciamos manifestantes devotos ou seguidores de alguma crença. O mundo hoje tem mais espiritualistas do que materialistas.

São mais de 10 mil seitas no mundo. Que nascem direta ou indiretamente das 11 grandes religiões mundiais: Judaísmo, Cristianismo, Budismo, Islamismo, Hinduismo, Xintoísmo, Confucionismo, Zoroastrismo, Sikhismo, Jainismo e Taoísmo.

Hoje temos religião para todo gosto. As pessoas estão “apelando”. Existe um grupo em Paris, França, que cultua a cebola. É isso mesmo. Estamos falando de um legume, considerado pelos adeptos como “bulbo divino”. Na Austrália existem mais de 70 mil pessoas que declaram ser seguidoras de Jedi. A religião foi criada baseando-se nos filmes de Star War, o famoso “Guerra nas estrelas”. Em 1998, na Austrália, foi fundada a “Igreja Presleyteriana”. Verdadeiros idólatras de Elvis Presley. A home page do grupo mostra desde testemunhos de graças recebidas de adeptos até os 31 mandamentos de Elvis.

FATORES QUE CONTRIBUÍRAM PARA O SEU CRESCIMENTO

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

APOSTASIA















Separação ou deserção do corpo constituído (de uma instituição, de um partido, de uma corporação) ao qual se pertencia. Abandono da fé de uma igreja, especialmente a cristã. (Dicionário Aurélio XXI) O dicionário da Bíblia Online também confirma isso. No léxico grego de Strong menciona duas palavras, a primeira “apostasia” concorda com os dicionários mencionados aqui, encontra-se na Bíblia em Atos 21.21 e 2Tessalonicenses 2.3. E a outra palavra “aphistemi” tem um significado ainda melhor: retroceder, afastar-se, remover, ir embora, abandonar, etc. Encontrada em 1Timóteo 4.1. No novo dicionário da Bíblia da editora vida nova pág.95 comenta-se que apostasia na LXX sempre se relaciona à rebelião contra Deus (Jr.22.22 LXX), originalmente instigada por Satanás, o dragão apóstata de Jó 26.13. Na Bíblia ARA traduz “dragão veloz”, na ARC “serpente enroscadiça”, na NVI “serpente arisca”, na NTLH “serpente fugitiva” que é a mais próxima da palavra hebraica “bariach” usada no texto original, que significa “algo ou alguém que foge” do substantivo de “fugitivo”. A LXX chama de “dragão apóstata”.

Diante de todo este acervo de significados podemos entender que apostasia é um afastamento, alguém que se desviou do caminho, saiu da presença de Deus.

A Bíblia fala de várias apostasias: Da verdade (2Timóteo 2.16-18), do caminho (2Pedro 2.15), da fé (1Timóteo 6.10,21), de Deus (Hebreus 3.12), da congregação (Hebreus 10.25-27).

A apostasia pode seguir em duas direções: A apostasia moral (volta a práticas pecaminosas) e a apostasia doutrinária (negação ou deturpação das doutrinas bíblicas).

QUEM PODE APOSTATAR DA FÉ, O CRISTÃO OU O NÃO CRISTÃO?

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

EXAME DIÁRIO DO CRISTÃO













Texto base: “Examinai-vos a vós mesmos se realmente estais na fé; provai-vos a vós mesmos. Ou não reconheceis que Jesus Cristo está em vós? Se não é que já estais reprovados”. (2Co.13.5).

Você é um cristão?
Nada é tão importante para o cristão quanto o constante auto-exame, pois facilmente nós nos enganamos. Geralmente temos a facilidade de colocarmos a prova e exame a vida do outro. Contudo as Escrituras nos admoesta que façamos isso consigo mesmos.

sábado, 1 de agosto de 2009

GUARDANDO NOSSAS VIDAS DO IMPÉRIO DE SATANÁS











Texto para leitura inicial: Lucas 11.24-26

Império significa: “autoridade, comando, domínio, influência dominadora”, etc. Algumas citações bíblicas referidno-se ao império de Satanás: “império das trevas” (Colossenses 1.13). “exércitos espirituais da maldade” (Efésios 6.12 A21). “príncipe do poderio do ar” (Idem 2.1 A21). Observe que no grego (exousia) a palavra “poderio” ou “principado” na versão ARA e ARC. Tem o significado de “poder de escolha”, “liberdade de fazer como se quer”. O Diabo é príncipe sobre os demônios e sobre as pessoas que querem fazer o que querem sem sujeição a Lei divina. Ele atua especificamente sobre aqueles que não querem ficar na dependência de Deus. Por isso que a palavra que vem em seguida é “ar”. Que figura bem este sentimento de “liberdade”. Ele é príncipe dos demônios e dos seres humanos que querem viver na liberalidade, querem viver sem Cristo. E ainda tem gente que diz que recebera a Cristo, mas não anda nele. O que é contraditório: “Ora, como recebestes Cristo Jesus, o Senhor, assim andai nele”. (Colossenses 2.6).

Cristo nos adverte sobre o cuidado que devemos ter em guardar as nossas vidas deste império, observe os versos anteriores do texto inicial. (v.21,22).

sexta-feira, 3 de julho de 2009

A REVELAÇÃO DE JESUS SOBRE VERDADE E MENTIRA


Textos para meditação:

"Respondeu Jesus: O meu reino não é deste mundo. Se o meu reino fosse deste mundo, os meus ministros se empenhariam por mim, para que não fosse eu entregue aos judeus; mas agora o meu reino não é daqui. Então, lhe disse Pilatos: Logo, tu és rei? Respondeu Jesus: Tu dizes que sou rei. Eu para isso nasci e para isso vim ao mundo, a fim de dar testemunho da verdade. Todo aquele que é da verdade ouve a minha voz. Perguntou-lhe Pilatos: Que é a verdade? Tendo dito isto, voltou aos judeus e lhes disse: Eu não acho nele crime algum". João 18.36-38.

"Vós sois do diabo, que é vosso pai, e quereis satisfazer-lhe os desejos. Ele foi homicida desde o princípio e jamais se firmou na verdade, porque nele não há verdade. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira. Mas, porque eu digo a verdade, não me credes. Quem dentre vós me convence de pecado? Se vos digo a verdade, por que razão não me credes? Quem é de Deus ouve as palavras de Deus; por isso, não me dais ouvidos, porque não sois de Deus". João 8.44-47.

"Quanto, porém, aos covardes, aos incrédulos, aos abomináveis, aos assassinos, aos impuros, aos feiticeiros, aos idólatras e a todos os mentirosos, a parte que lhes cabe será no lago que arde com fogo e enxofre, a saber, a segunda morte". Apocalipse 21.8.

"Fora ficam os cães, os feiticeiros, os impuros, os assassinos, os idólatras e todo aquele que ama e pratica a mentira". Apocalipse 22.15.

REFLEXÃO

segunda-feira, 1 de junho de 2009

RECOMENDAÇÕES FINAIS DE CRISTO AOS SEUS DISCÍPULOS ANTES DE SUA MORTE















TEXTO BASE: João 14.1-27

No capítulo 12.23-36 Jesus anuncia a sua morte. No capítulo 13.18-30 ele anuncia que havia um traidor entre eles. No mesmo capítulo 13.36-38 revela que Pedro o negaria. Ou seja, todo o capítulo 14 surge dentro de um clima de grande aflição e medo, tanto em Jesus, como em seus discípulos. Este capítulo poderia ser chamado de “recomendações finais de Cristo aos seus discípulos antes de sua morte”.

Observe a seqüência depois de Jesus ter se pronunciado no capítulo 14. No capítulo 15 se apresenta como a fonte de nossa vida afirmando ser a “videira” e nós os seus “ramos”, no capítulo 16 ele fala que o “Espírito Santo” o substituiria, no capítulo 17 ele faz uma oração final e intercessória por todos nós e no capítulo 18 Jesus é preso. Estas eram as lembranças que João tinha de Cristo e assim escreveu o seu evangelho.

sábado, 2 de maio de 2009

O DESAFIO DE SEGUIR A CRISTO
















Texto: Lucas 9.57-62

Estamos numa época aqui no Brasil onde todo mundo diz que pertence a Jesus, é de Jesus, segue Jesus. Mas será que de fato estamos seguindo a ele? O texto que temos aqui para analisar, nos trás três tipos de comportamentos das pessoas que encontramos na caminhada. E o interessante é que essas pessoas se acham que estão no caminho. Algumas pessoas vivem nas igrejas no mundo de ilusões. Achando que são discípulos de Jesus. Contudo Jesus não tem “soldados de verão” e nem “discípulos turistas”. O presente texto nos leva a um confronto direto de Cristo: Ou deixamos tudo e seguimos a ele ou permanecemos em nossa própria caminhada. Essa falta de definição vem muitas vezes porque algumas lideranças evangélicas brasileiras não fazem esse confronto em seus discursos. Preferem mais “números“ do que “conversões”. Contudo, Cristo há de cobrar por isso. Pois ele, diferente de muitos “biógrafos de Cristo”, não aceita meio termo.

Precisamos meditar nesta passagem. Se estivéssemos lá com ele, qual seria nossa atitude? Ou se hoje nos encontrássemos com ele, o que faríamos? Como seria nosso comportamento diante de seus desafios?

quinta-feira, 2 de abril de 2009

RESTAURANDO O COMPROMISSO COM DEUS

















Texto: Lucas 22.54-62
#
É muito comum vermos um razoável número de pessoas afirmarem seguir a Cristo. Mas na prática se descomprometem inteiramente com o seu evangelho. O relato bíblico acima trás um comportamento semelhante ao que nós presenciamos hoje em dia. Pedro, discípulo e apóstolo de Jesus, momentos anteriores havia demonstrado total compromisso com Jesus (Lucas 22.33). Contudo, não conseguiu segurar a sua palavra na prática.
#
Precisamos a cada dia restaurarmos o nosso compromisso com Jesus. Pois ele está disposto a fazê-lo. Ele fez isso com Pedro depois da sua ressurreição. Jesus leva Pedro para uma restauração completa com ele (João 21.15-17). Creio que através desta mensagem Jesus quer restaurar o compromisso com você também.

domingo, 1 de março de 2009

SEJA BEM VINDO AO REINO DOS CÉUS
















Texto base: Mateus 13.24-30, 31-33, 44-50.

Vivemos rodeados do reinado humano: Construções, palácios, impérios. Tecnologia, artes e ciências. Grandes metrópoles, exércitos. O homem sempre descobrindo novas coisas e realizando grandes feitos na sua história. Como já profetizou o profeta Daniel: “... muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se multiplicará”. (cap.12 v.24). Contudo, a Bíblia Sagrada nos informa que este mundo, onde há o reinado humano, ele padece no poder de Satanás (1João 5.19). Que é quem opera sobre o mundo e sobre a humanidade (Efésios 2.2). Pois foi quem conseguiu introduzir no mundo a iniqüidade e todas as suas mazelas: guerra, fome, miséria, peste, violência, tragédias, pobreza, abandono, luto, perda, fracasso e etc. O pior de tudo isso é que o reinado das trevas tem cegado e embriagado o mundo. Por isso que o profeta Isaías já previa: “A terra cambaleará como um bêbado e balanceará como rede de dormir; a sua transgressão pesa sobre ela, ela cairá e jamais se levantará”. (Isaías 24.20). E o apóstolo Paulo declarou: “... o deus deste século cegou o entendimento dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus”. (2Coríntios 4.4).

Vivendo entre esses dois reinados rebeldes ao verdadeiro reinado. Descobrimos nas parábolas de Jesus, nosso Redentor, uma palavra de encorajamento e consolação. É por causa dele, que somos justos e dignos do reino dos céus (Romanos 3.21-26). Um reino de imortalidade, incorruptibilidade e de companhia divina para todo sempre, e que nos convida a sairmos agora destes reinos de rebelião e voltemos para o filho de Deus: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma”. (Mateus 11.28,29).

Ele nos ensina sobre o Reino dos Céus em algumas de suas parábolas que serão aqui explanadas. O único e verdadeiro reino. Que não pode ser negado sem sofrer conseqüências. Deus é o criador de todas as coisas (Isaías 44.24). Quem nega a própria e única origem da vida só receberá a morte e corrupção eterna. Isso vale para Satanás, seus anjos e toda humanidade que queiram acompanhá-los (Mateus 25.41). Ora, qual é a base do reinado de Satanás a não ser se opor ao reino dos céus? Pois foi de lá que ele foi expulso, por querer tomar o lugar de Deus (Ezequiel 28.14-18; Isaías 14.13-15).

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

VERDADES DA SAGRADA FAMÍLIA PARA TODAS AS FAMÍLIAS DA TERRA





















Texto base: Mateus 2.9-12
"Depois de ouvirem o rei, partiram; e eis que a estrela que viram no Oriente os precedia, até que, chegando, parou sobre onde estava o menino. E, vendo eles a estrela, alegraram-se com grande e intenso júbilo. Entrando na casa, viram o menino com Maria, sua mãe. Prostrando-se, o adoraram; e, abrindo os seus tesouros, entregaram-lhe suas ofertas: ouro, incenso e mirra".

Assim como foi vivido na família de Jesus, todas as famílias da terra devem crer e anunciar estas verdades:

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

VERDADES VIVAS










Existem certas verdades que não trazem relevância a vida, apesar de serem verdades. Como por exemplo, a notícia de que alguém ganhou na mega-sena. Não deixa de ser uma verdade. Contudo, com o passar do tempo esta verdade não terá consistência na vida. A verdade viva é aquela que continua presente, mesmo com o passar do tempo. Ela não se desgasta, pelo contrário, se fortalece a cada dia. E eu gostaria de falar aqui sobre algumas destas verdades vivas.