Igreja Cristã Gileade

Igreja Cristã Gileade
Rua Major José Araújo Aguiar, 290. Fortaleza - CE - Brazil CEP. 60850-470

sábado, 1 de janeiro de 2011

O Caminho do agir de Deus














Texto: 2Timóteo 1.5-7

O agir de Deus tem diferentes formas de operar. O seu agir é maravilhoso, e só não percebe quem não quer. Eu vou mostrar aqui, o que eu creio que seja o caminho preferido de Deus agir. Embora eu admita que ele tome outra seqüência se não encontrar abertura nessa. É como a água, embora fechamos de uma lado ela tomará outro caminho

Observo que o caminho de agir de Deus tem um propósito: abençoar o ser humano. É incrível como Deus se importa conosco. A Bíblia Sagrada desafia os mais céticos nas seguintes passagens: Gênesis 1.26; Jó 7.17; Salmo 8.4; João 3.16,17; Romanos 5.8; idem 8.37; Efésios 2.4; idem 5.2; 2Tessalonissences 2.16; 1João 4.11; idem 4.19.

Assim, nesse cuidado, amor e atenção especial que ele dar ao homem, nós podemos encontrar o caminho do seu agir na seguinte ordem:

1º Passando pela FAMÍLIA
“pela recordação que guardo de tua fé sem fingimento, a mesma que, primeiramente, habitou em tua avó Lóide e em tua mãe Eunice, e estou certo de que também, em ti”. (v.5).

Deus passa em primeiro lugar quando quer agir é na família. E quando passa visa suscitar uma “fé sincera”. Isto é, sem fingimentos. O jovem Timóteo já expressava em sua vida uma fé legítima. Isso porque Deus agiu primeiro na avó dele, depois veio a sua mãe, depois ele.

Com certeza Timóteo não aderiu a essa fé por acaso. Através de sua avó e mãe a Palavra de Deus foi ouvida por ele, produzindo fé em seu coração: “De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus”. (Rm.10.17).

O jovem Timóteo passou pela conversão não por uma confissão de boca dos seus familiares, mas por uma convicção de coração transmitida a ele. Como disse Paulo e Silas: “... Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa”. (At.16.31). Eles acreditavam que essa “certeza”, “confiança” em Jesus implicaria na salvação deles e de seus familiares. Não por uma bênção hereditária, mas por uma bênção semeada no coração que produzirá resultados.

Se não houver essas coisas numa família não há como se provar que Deus está agindo. O agir de Deus em nossa família só acontece quando permitimos. Portanto, deixe que Deus fale ao coração com essa mensagem. Deus procura a tua família para agir. Você vai abrir caminho?

2º Passando pelo INDIVÍDUO
“Por esta razão, pois, te admoesto que reavives o dom de Deus que há em ti pela imposição das minhas mãos”. (v.6).

Deus quer agir no indivíduo. Pois ele sabe que só basta um membro da família para que a luz ilumine os outros. E ele age despertando individualmente as pessoas. Acordando seus dons, talentos, para que sirvam a vontade dele.

O que você faz para Cristo? Como vai a sua vida espiritual? Você já pensou na salvação de sua família? Não acha que com o teu despertamento a tua família seja a primeira a ser abençoada?

3º Passando pela IGREJA
“Porque Deus não nos tem dado espírito de covardia, mas de poder, de amor e de moderação”. (v.7).

Esse “espírito” significa “disposição”. Uma igreja que passa pelo agir de Deus deve ter disposição de forma que seja uma igreja:

Valente: A palavra “poder” no texto está figurando o contrário da “covardia”. Isto é, uma igreja que permite Deus agir, tem coragem, é valente em proclamar, defender o evangelho de Jesus e a sua sã doutrina. Não teme as imposições pós-modernas.

Amorosa: A igreja que permiti Deus agir tem disposição para amar. Principalmente em seu relacionamento. (Veja Cl.3.13; Rm.12.10).

Moderada: No trato espiritual e emocional é uma igreja que consegue ser equilibrada. Geralmente pensamos o contrário disso. Achamos que os excessos são símbolos de grande espiritualidade. (Veja 1Co.14).

Que tipo de igreja queremos ser? Que tipo de cristãos somos em nossas igrejas? O que temos feito para isso mudar? Você tem cooperado com o agir de Deus em tua congregação?