Igreja Cristã Gileade

Igreja Cristã Gileade
Rua Major José Araújo Aguiar, 290. Fortaleza - CE - Brazil CEP. 60850-470

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

PARE! E DIGA "CHEGA"














Texto: Gênesis 2.2,3; Êxodo 20.7-11

Lendo estes textos poderíamos perguntar: O que é o Sábado? É um dia que deve ser guardado? Não quero aqui entrar no mérito do Sábado, o dia e mandamento judaico. Vemos no Novo Testamento que o Sábado, em uma concepção cristã, foi substituído pelo Domingo (At.20.7; Ap.1.10). Mas também não quero deter-me nisso. Não cheguei ainda ao que Deus quer que eu fale para você aqui.

Entre o Sábado judaico e o Domingo cristão, qual o princípio que retiramos disso tudo? Acredito que seja o mesmo princípio que retiramos dos outros mandamentos. Por exemplo: “Não matarás” (Êx.20.13). O princípio contido neste mandamento não é a morte em si de uma pessoa, mas o retirar a vida de alguém que só Deus poderia fazer isso. É Deus que detém o poder dar e tirar a vida! Vejamos outro mandamento: “Não tomarás o nome do Senhor, teu Deus em vão...” (Êx.20.7). O princípio guardado neste mandamento não está centralizado no nome de Deus em si, “Adonay”, “Yahveh”, “Yehovah”, "Jeová". Mas sim quando utilizamos de uma suposta companhia ou presença divina em benefício de nossas atitudes maquiavélicas.

O quarto mandamento diz: “Lembra-te do dia de sábado, para o santificar. Seis dias trabalharás e farás toda a tua obra. Mas o sétimo dia é o sábado do SENHOR, teu Deus; não farás nenhum trabalho...” (Êx.20.9,10). É muito mais do que um dia, o Sábado tem um princípio, e é este princípio que deve ser observado. O princípio do Sábado é o homem parar tudo o que está fazendo e reconhecer que há um Deus no Céu e que devemos adorá-lo e servi-lo. Receba o que Deus quer te dizer:


1. “Parar tudo” significa dizer “chega”. Quando Deus estava criando o mundo, Ele criou, criou, e poderia continuar criando eternamente, mas ele disse: chega! Já tá bom, vou parar e abençoar este momento. Existem muitas pessoas que vivem uma vida “amaldiçoada” porque todos os dias da vida é uma eterna correria pelo poder aquisitivo, pela conquista dos bens materiais, pelas academias da vida para melhorar a saúde. E faz compras, corre, vai para a escola, vai para o trabalho, e volta, corre para a faculdade, e entra nos estudos, e prepara-se para concurso, e luta e vai e vem. O servo de Deus tem seguido luta semelhante. Entretanto, sabe que toda semana ele tem que dar um “chega”. Chega de ganhar dinheiro, chega de cuidar disso e daquilo eu agora vou buscar a Deus, eu vou santificar este dia! E é este o sinal que faz a diferença entre o cristão e o ímpio (Ez.20.20).

2. “Reconhecer que há um Deus no Céu” (Sl.14.1). É sabermos que a nossa vida não se resume só no aqui e agora. Há um Deus que governa soberanamente todas as coisas. Que nos deu a vida não apenas para morrermos de trabalhar ou vivermos de lazer e descanso. Ele nos deu esta vida para a sua glória! Quando reconhecemos que há um Deus no Céu não resumimos nossa vida em entretenimentos, lazer, estudo, família e trabalho. Todas estas coisas passam a ser secundário na nossa vida.

3. “Adorá-lo e servi-lo” (Sl.95.6;100.2). Fomos criados por Deus e para Deus (Cl.1.16). O Sábado significa adorar e servir a Deus. Quando um cristão separa um dia para ir ao culto de sua igreja adorar ao Senhor, ele está cumprindo o 4o mandamento. Quando um cristão separa um momento para realizar algo concernente a obra de Deus, ele cumpre o mesmo mandamento.

CONCLUSÃO

O que você tem feito? Sua vida tem tido essa parada? E quando você para, é para se dedicar a Deus ou a si mesmo? Este dia que você para é santificado ou profanado? Pense nisso...