Igreja Cristã Gileade

Igreja Cristã Gileade
Rua Major José Araújo Aguiar, 290. Fortaleza - CE - Brazil CEP. 60850-470

domingo, 1 de março de 2009

SEJA BEM VINDO AO REINO DOS CÉUS
















Texto base: Mateus 13.24-30, 31-33, 44-50.

Vivemos rodeados do reinado humano: Construções, palácios, impérios. Tecnologia, artes e ciências. Grandes metrópoles, exércitos. O homem sempre descobrindo novas coisas e realizando grandes feitos na sua história. Como já profetizou o profeta Daniel: “... muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se multiplicará”. (cap.12 v.24). Contudo, a Bíblia Sagrada nos informa que este mundo, onde há o reinado humano, ele padece no poder de Satanás (1João 5.19). Que é quem opera sobre o mundo e sobre a humanidade (Efésios 2.2). Pois foi quem conseguiu introduzir no mundo a iniqüidade e todas as suas mazelas: guerra, fome, miséria, peste, violência, tragédias, pobreza, abandono, luto, perda, fracasso e etc. O pior de tudo isso é que o reinado das trevas tem cegado e embriagado o mundo. Por isso que o profeta Isaías já previa: “A terra cambaleará como um bêbado e balanceará como rede de dormir; a sua transgressão pesa sobre ela, ela cairá e jamais se levantará”. (Isaías 24.20). E o apóstolo Paulo declarou: “... o deus deste século cegou o entendimento dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus”. (2Coríntios 4.4).

Vivendo entre esses dois reinados rebeldes ao verdadeiro reinado. Descobrimos nas parábolas de Jesus, nosso Redentor, uma palavra de encorajamento e consolação. É por causa dele, que somos justos e dignos do reino dos céus (Romanos 3.21-26). Um reino de imortalidade, incorruptibilidade e de companhia divina para todo sempre, e que nos convida a sairmos agora destes reinos de rebelião e voltemos para o filho de Deus: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma”. (Mateus 11.28,29).

Ele nos ensina sobre o Reino dos Céus em algumas de suas parábolas que serão aqui explanadas. O único e verdadeiro reino. Que não pode ser negado sem sofrer conseqüências. Deus é o criador de todas as coisas (Isaías 44.24). Quem nega a própria e única origem da vida só receberá a morte e corrupção eterna. Isso vale para Satanás, seus anjos e toda humanidade que queiram acompanhá-los (Mateus 25.41). Ora, qual é a base do reinado de Satanás a não ser se opor ao reino dos céus? Pois foi de lá que ele foi expulso, por querer tomar o lugar de Deus (Ezequiel 28.14-18; Isaías 14.13-15).


Na parábola do Joio e o Trigo: "O reino dos céus é semelhante a um homem que semeou boa semente no seu campo; mas, enquanto os homens dormiam, veio o inimigo dele, semeou o joio no meio do trigo e retirou-se. E, quando a erva cresceu e produziu fruto, apareceu também o joio. Então, vindo os servos do dono da casa, lhe disseram: Senhor, não semeaste boa semente no teu campo? Donde vem, pois, o joio? Ele, porém, lhes respondeu: Um inimigo fez isso. Mas os servos lhe perguntaram: Queres que vamos e arranquemos o joio? Não! Replicou ele, para que, ao separar o joio, não arranqueis também com ele o trigo. Deixai-os crescer juntos até à colheita, e, no tempo da colheita, direi aos ceifeiros: ajuntai primeiro o joio, atai-o em feixes para ser queimado; mas o trigo, recolhei-o no meu celeiro". (Mateus 13.24-30).

Jesus nos ensina que:

a) O juízo divino está determinado sobre o joio. E a graça sobre o trigo.
b) Satanás semeou no coração do homem aquilo que havia em seu coração: “Não preciso de Deus. Sou melhor e mais formoso do que ele”. Essa semente foi plantada no coração da humanidade.
c) Contudo Deus havia anteriormente semeado o trigo. A semente da amizade com ele e de seu eterno amor por nós.Precisamos decidir a quem vamos dar ouvidos. A voz de Deus ou a voz do Diabo?
d) Os reinados do maligno e do homem sem Deus perecerão, mas o reino dos céus permanecerá para sempre.

Na parábola do Grão de Mostarda: "O reino dos céus é semelhante a um grão de mostarda, que um homem tomou e plantou no seu campo; o qual é, na verdade, a menor de todas as sementes, e, crescida, é maior do que as hortaliças, e se faz árvore, de modo que as aves do céu vêm aninhar-se nos seus ramos". (Idem 31,32).

Jesus nos ensina que:

As coisas do reino dos céus são insignificantes aos olhos do mundo e do Diabo. Mas são elas que nos trazem redenção.

Na parábola do Fermento: "O reino dos céus é semelhante ao fermento que uma mulher tomou e escondeu em três medidas de farinha, até ficar tudo levedado". (Idem 33).

Ele nos ensina que:

O propósito do reino dos céus é preencher toda a nossa vida. Tomar de conta de todo o nosso ser. Sem reservas. E isso se consumará na vinda do reino dos céus (1Coríntios 15.51,52).

Na parábola do Tesouro Escondido e da Pérola de Grande Valor: "O reino dos céus é semelhante a um tesouro oculto no campo, o qual certo homem, tendo-o achado, escondeu. E, transbordante de alegria, vai, vende tudo o que tem e compra aquele campo. O reino dos céus é também semelhante a um que negocia e procura boas pérolas; e, tendo achado uma pérola de grande valor, vende tudo o que possui e a compra". (Idem 44-46).

Jesus nos ensina que se quisermos entrar no reino dos céus:

a) Precisamos descobrir e perceber a sua grandeza.
b) Precisamos renunciar tudo o que temos por sua causa.

Na parábola da Rede: "O reino dos céus é ainda semelhante a uma rede que, lançada ao mar, recolhe peixes de toda espécie. E, quando já está cheia, os pescadores arrastam-na para a praia e, assentados, escolhem os bons para os cestos e os ruins deitam fora. Assim será na consumação do século: sairão os anjos, e separarão os maus dentre os justos, e os lançarão na fornalha acesa; ali haverá choro e ranger de dentes". (v.47-50).

Ele nos ensina que:

a) No tempo certo Jesus Cristo virá sobre as nuvens dos céus para levar os seus (Mateus 24.31,30).
b) No tempo certo Ele irá separar os que vivem e amam a santidade de Deus dos que vivem e amam a iniqüidade do Maligno.

ESTEJAMOS ATENTOS! E CONSOLAI-VOS UNS AOS OUTROS.

Quando Jesus pisou nesta Terra ele foi mundo claro:

“... Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus”. (Mateus 4.17).

"Então, aparecerá no céu o sinal do Filho do Homem; todos os povos da terra se lamentarão e verão o Filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu, com poder e muita glória. E ele enviará os seus anjos, com grande clangor de trombeta, os quais reunirão os seus escolhidos, dos quatro ventos, de uma a outra extremidade dos céus". (Mateus 24.30,31).