Igreja Cristã Gileade

Igreja Cristã Gileade
Rua Major José Araújo Aguiar, 290. Fortaleza - CE - Brazil CEP. 60850-470

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

EM BUSCA DAS COISAS ESPIRITUAIS
















Texto: 2Reis 2.1-14

Vivemos numa época onde as pessoas andam por toda parte atrás de coisas materiais, bens materiais, conquistas matérias. E isso tem sido tão forte que até os pregadores mercenários tem deixado de lado a Palavra da verdade para trazer uma mensagem que satisfaça esses interesses. Todavia, na contramão, vem essa linda história de um discípulo de um profeta de Deus.

Se você está aqui e deseja buscar as coisas espirituais para sua vida: mais santidade, unção, comunhão com Deus, dons, etc. A história lida aqui pode te ajudar bastante. Pois, acontece dentro de um ambiente perfeitamente espiritual. De um lado o homem de Deus, o profeta Elias, aquele que Deus usou de forma poderosa que até Jesus fez citação dele. E de outro, Eliseu, outro homem de Deus, discípulo de Elias, profeta perseverante e relutante em busca de seu objetivo.

Eliseu poderia ter buscado o que muitos procuram hoje: coisas materiais. Mas, essas coisas passam, ele procurava por coisas eternas e que satisfaziam a vontade de Deus. O que estamos buscando em nossa vida? Quais os objetivos que traçamos para nossa vida? Nesses objetivos constam coisas espirituais? Onde ficam as coisas espirituais em nossa lista de prioridades?

Eliseu nos trás lições preciosas que se você está decidido em buscar coisas espirituais para sua vida, com certeza lhe servirão de orientação. Vejamos:

1) Não se conformando com a situação em que se encontra.

“Disse Elias a Eliseu: Fica-te aqui, porque o SENHOR me enviou a Betel. Respondeu Eliseu: Tão certo como vive o SENHOR e vive a tua alma, não te deixarei. E, assim, desceram a Betel”. (v.2)

A conformidade com a vida espiritual que leva é o erro mais tolo que cometemos em nossa caminhada de fé. Leonardo Ravehill disse: “A única razão pela qual não temos avivamento é porque estamos dispostos a viver sem ele!”. Infelizmente isso tem sido uma grande pedra em nosso caminho.

Precisamos aprender com Eliseu, ele recebeu uma palavra do profeta Elias de ficar e deixá-lo, mas ele não se conformou. Ele recebeu essa palavra mais duas vezes (cf. v.4, 6). Porém, quis a sua companhia, lutou por ela. Não desistiu. Sabia que a única chance de conseguir o que buscava estava ligado ao profeta Elias. E por isso não se conformou e ir até ali, mas decidiu lutar por mais além daquilo.

2) Não dando ouvidos a voz do desânimo.

“Então, os discípulos dos profetas que estavam em Betel saíram ao encontro de Eliseu e lhe disseram: Sabes que o SENHOR, hoje, tomará o teu senhor, elevando-o por sobre a tua cabeça? Respondeu ele: Também eu o sei; calai-vos”. (v.3).

Por duas vezes Eliseu foi revelado pelos profetas que Elias seria arrebatado (cf. v.3,5). Que iria embora e não o teria mais em sua companhia. Mas, ele persistiu, não deu ouvidos ao que lhe disseram. Ele estava focado em outra coisa: receber uma porção dobrada do espírito de Elias.

Quando decidimos buscar coisas espirituais para nossa vida sempre aparece àquela voz querendo nos tirar do foco. É uma questão material pendente, a dificuldade de conseguir, amizades mundanas, assédio do pecado, preocupações da vida, etc. Mas, não podemos perder o foco e nos deixar se levar pelas situações.

Olhemos para o nosso Salvador, quantas situações surgiram para ele não ter de ir para a cruz? Pedro, um dos primeiros discípulos, lhe disse: “... Tem compaixão de ti, Senhor; isso de modo algum te acontecerá”. (Mt.16.22b). Ele não mostrou resistência alguma aos guardas que vieram lhe prender. Foi desafiado a descer da cruz e se revelar quem era e não o fez.

3) Estabelecendo o que deseja ter de Deus.

“Havendo eles passado, Elias disse a Eliseu: Pede-me o que queres que eu te faça, antes que seja tomado de ti. Disse Eliseu: Peço-te que me toque por herança porção dobrada do teu espírito”. (v.9).

Eliseu desejou ter porção dobrada do espírito (entusiasmo, vigor, vivacidade, espírito profético, disposição) de Elias. Ele estabeleceu o que queria. Com certeza vinha certo disso desde o começo. Se não, ele não estaria com ele até esse momento.

O que você deseja ter em sua vida espiritual? Jesus fez essa mesma pergunta ao cego Bartimeu: “... Que queres que eu te faça? Respondeu o cego: Mestre, que eu torne a ver”. (Mc.10.51). A pergunta parece boba, mas é assim que Deus trabalha.

4) Contemplando o que deseja ter.

“Tornou-lhe Elias: Dura coisa pediste. Todavia, se me vires quando for tomado de ti, assim se te fará; porém, se não me vires, não se fará”. (v.10).

Contemplar quer dizer “olhar com atenção ou admiração”. A prova que Eliseu receberia o que desejaria era se ele visse Elias sendo arrebatado. E isso aconteceu. Eliseu contemplou tudo:

“Indo eles andando e falando, eis que um carro de fogo, com cavalos de fogo, os separou um do outro; e Elias subiu ao céu num redemoinho. O que vendo Eliseu, clamou: Meu pai, meu pai, carros de Israel e seus cavaleiros! E nunca mais o viu; e, tomando as suas vestes, rasgou-as em duas partes”. (v.11,12).

Os 50 profetas que ficaram atrás observando eles andar não viram esses detalhes. Apenas Eliseu viu.

Como vai a sua visão das coisas celestiais? O que você deseja espiritualmente para sua vida, você olha com atenção, com admiração?

O apóstolo Paulo nos deixa uma excelente palavra:

“Irmãos, quanto a mim, não julgo havê-lo alcançado; mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus”. (Fp.3.13,14).

5) Começando a praticar o que deseja na vida espiritual.

“Então, levantou o manto que Elias lhe deixara cair e, voltando-se, pôs-se à borda do Jordão. Tomou o manto que Elias lhe deixara cair, feriu as águas e disse: Onde está o SENHOR, Deus de Elias? Quando feriu ele as águas, elas se dividiram para um e outro lado, e Eliseu passou”. (v.13,14).

Eliseu ver seu mestre ir embora e fica no chão apenas a sua capa. Ele está ali sozinho. Não tem mais a presença de Elias com ele. Chega o momento dele se resolver com Deus e com sigo mesmo sobre sua vida espiritual. Aquilo que ele tanto buscava estava ali para ser tomado. E uma coisa o separava disso tudo que tanto desejava: coragem.

Meu irmão, vai chegar à hora, ou já chegou, em que você tem que tomar uma atitude de coragem em sua vida e praticar aquilo que Deus deixou para você! Aquilo que você ouviu nessa mensagem, aquilo que você leu na biografia de certo homem de Deus. Vai chegar o momento em que você é quem vai ter de fazer a diferença nessa geração! Quanto tempo mais você vai ficar esperando?

Eu fico pensando aqui em Pedro, depois de ver tudo o que Jesus fizera diante de seus olhos, quando em companhia de João e ia ao templo para orar, se depara junto à porta com um mendigo coxo, lhe pedindo dinheiro. Temos a mesma situação de Eliseu aqui: “Pedro, porém, lhe disse: Não possuo nem prata nem ouro, mas o que tenho, isso te dou: em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, anda!”. (At.3.6).