Igreja Cristã Gileade

Igreja Cristã Gileade
Rua Major José Araújo Aguiar, 290. Fortaleza - CE - Brazil CEP. 60850-470

terça-feira, 5 de novembro de 2013

SALVAÇÃO PARA VOCÊ E SUA FAMÍLIA















Texto: “Responderam-lhe: Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa”. (At.16.31).

Se eu fosse perguntar aqui: “quem deseja que sua família seja salva?” Com certeza ouviríamos em alto e bom som: “EU”, com letras maiúsculas. Mas, se eu perguntasse: “você confia, crer em Jesus o suficiente ao ponto de que sua família possa ser influenciada por tua fé?” A partir daqui a resposta não é tão forte assim não é? A palavra grega usada na passagem bíblica que traduzimos por casa é “oikos” que quer dizer literalmente “casa”. Todavia, existem as suas sub-definições que vão coincidindo com o contexto. Para o caso aqui do nosso texto temos as seguintes definições: “lar”, “todas as pessoas que formam uma família”, “ocupantes de uma casa”, “família”, “descendentes de alguém”. Alguns pensam que essa declaração de Paulo e Silas foi uma profecia. Seria uma promessa para os cristãos? Não. O que Paulo e Silas estão dizendo é que a salvação daquele homem e de sua família iria depender da fé dele em Jesus Cristo. Fé para a sua própria salvação e fé para orar e testemunhar de Cristo convictamente para os seus familiares para que eles venham ser tocados pela graça da mesma fé para salvação. Isto é, eles associaram o poder de alcance da salvação daquele homem se estendendo para sua família a partir da fé dele por Jesus. Vejamos como isso é relevante para todos nós diante das verdades que estão nesse texto:

1) A salvação não é uma simples doutrina, a salvação é Jesus;

A doutrina mais importante da igreja é a doutrina da salvação. A base da igreja é fundada por Jesus como sua vitória sobre o inferno (Mt.16.18). O que seria isso a não ser salvação? A sua maior missão, que é proclamar o evangelho, está incutido a revelação dos que serão salvos ou não (Mc.16.15,16). E finalmente, a palavra “salvação” é diretamente associada a “Jesus”. Seu nome quer dizer “Yahveh salva ou é salvação”. Isto envolve não só conhecermos a doutrina da salvação, mas sobre Jesus Cristo. Tanto intimamente quanto biblicamente. Como está o teu conhecimento intimo e bíblico da salvação e do salvador? O centro da mensagem da igreja evangélica hoje é a salvação? É o salvador ou o curandeiro? É o redentor ou o abençoador?

2) Crê em Jesus é ser alcançado pela salvação e no transbordar dessa fé a família recebe graça para crer também;

Outra verdade importante que consta no nosso texto principal é essa: O tamanho de sua fé por Jesus acarretará em graça ou mau testemunho para sua família. Observem que a avó e mãe de Timóteo tornaram-se testemunhos vivos de Cristo para ele (2Tm.1.5). Paulo relata que Timóteo, por intermédio delas, conheceu as Escrituras (2Tm.3.14,15). Lídia veio a ser alcançada pela graça de Deus por tamanha fé de Paulo e Silas, com tamanha fé por Jesus saíram de suas casas para fazer missões, e isso resultou na salvação dessa mulher e de sua família (idem v.14,15). É inegável que Timóteo e Lídia e aquele carcereiro de nossa passagem principal foram salvos pelo transbordar da graça com fé salvadora que estavam na vida de Paulo e Silas. Você crê em Jesus o bastante para que siga o seu desafio de “negue-se a si mesmo e siga-me”? Sua fé influencia aos outros? Ou sua fé é tão religiosa (farisaica) que só afasta cada vez mais as pessoas do evangelho? Você crê o suficiente para que outros possam crer?

3) O Espírito Santo trás regeneração por meio da Palavra pregada.

Finalmente, temos essa outra verdade. Paulo vai dizer lá em Efésios que a Palavra de Deus é a espada do Espírito Santo (6.17), depois Pedro vai dizer que a semente incorruptível da nova criação vem mediante a Palavra de Deus (1Pe.1.23). Essa Palavra é pregada sob o poder do Espírito Santo que age eficazmente na vida do ser humano. Como diz o autor aos Hebreus: “Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração”. (4.12). Como somos preguiçosos em fazer exegese da Bíblia. Quer ver? Quantas vezes nós cristãos já dissemos: “o Espírito Santo convence”. A princípio, muitas vezes dizemos isso para nos aliviar da responsabilidade da proclamação. E, em segundo lugar, não tem essa frase na Bíblia. O que temos escrito é: “Quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo”. Infelizmente as Bíblias portuguesas traduzem a palavra grega “elegcho” para o verbo “convencer”. Só que em sua definição no léxico grego nem se quer consta esse verbo. Teremos os significados: “sentenciar, refutar e rebater”. Onde a aplicação desses verbos pelo Espírito Santo acontece através de sua Palavra inspirada por ele mesmo, que deve ser proclamada pela igreja de Cristo. Paulo e Silas não estavam ali calados na prisão, com certeza a Palavra foi proclamada (ver At.16.25) dentro desse lugar. Foram presos por causa da proclamação da mesma. E quando ocorre o tremor de terra naquela região, os presos não cuidam de fugir, pois obviamente Paulo lhes havia falado de uma prisão muito pior. E o carcereiro, ao ver que os presos não fugiram, ele não retomou sua rotina. Ele fez uma pergunta que denuncia a proclamação da Palavra para ele também: “Depois, trazendo-os para fora, disse: Senhores, que devo fazer para que seja salvo?”. (idem 16.30).